Claridade da Lua

29 Mar

Quando

 

A lua clarear minha alma,

Numa noite de outono,

Lembrar-me ei  de seus olhos selvagens

Como a mata.

 

Quando

A lua clarear minha alma,

Na madrugada fria,

Sentirei o perfume da sua pele,

O calor de seu corpo

Em minhas veias.

 

Quando a lua clarear minha alma,

Estarei distante dos sonhos,

Permanecerei iluminada

Pela sua lembrança.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: