A PAIXÃO

9 Dez

206954_220541164627009_6062136_n_large

… Que bicho feio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Foi assim, que exclamou Jandira ao ver sua filhinha nos braços do médico, que assistiu seu parto.

Posso afirmar, que aquela criaturinha não queria abrir os olhos para o mundo, pois foi tão difícil expulsá-la do ventre materno…acho que temia a claridade , o próprio desconforto que enfrentaria ao lado da mãe!

Anita carregava todo o sofrimento esculpido na face, sua cabeleira era negra e muito vasta, que chegava a cobrir-lhe o rostinho tão pequeno!

Todos os momentos são efêmeros e únicos!

… Escrever é fascinante, pois as palavras envolvem sentimentos e começo a atropelá-las .

A vida nos surpreende todos os dias, tenho mesmo a certeza de que nasci com as palavras cravadas nos olhos, que sempre refletiram um certo medo!

de falar….

de sentir…

de respirar…

de arrepiar………….

de tremer……….

de ouvir….

Escrevo como quem quer não acreditar no amanhã, e este é o meu compromisso com a vida.Vivo intensamente e aprecio a luz do dia, como quem a contempla pela primeira e última vez.

Todos os momentos são efêmeros e únicos!

Minhas insatisfações afloram em meu ser.Sinto-me sozinha e sem muita escolha, ou melhor, sem escolha alguma, meu futuro é a solidão condensada no apartamento , onde me procuro todas as noites….reviro gavetas…abro as portas dos armários…na esperança de encontrar vestígios de emoção.

Onde os deixei?

O fato de ter o privilégio de morar no Leme, não ameniza minha angústia.Admito contemplar a imensidão do mar sempre que amanheço, mas da mesma forma, admito ser vítima de um fracasso interior…que determinou em minha existência, uma dolorosa cumplicidade com o abandono, marcado por falsos sorrisos, abraços frios ,alguns beijos insípidos e uma eterna indiferença.

Lembro-me da Ilha do Farol…passei muitas noites admirando-a, imaginando uma noite de amor cercada de mar …de céu…de luar…na adolescência temos a certeza do amanhã…

Minha pele arrepiava e meus músculos tremiam, ao relembrar aqueles momentos  vividos ao lado de Marcio, um homem cheio de sensualidade, um verdadeiro felino…tinha o poder de seduzir-me numa simples troca de olhar…olhos da mata…verdes como as esmeraldas…um guerreiro!

Foi tudo tão repentino, nós nos amamos muito sem questionamestos…agíamos instintivamente, nada nos importava, apenas a lua e a sensação extasiante que sentíamos!

Devia ter me arriscado mais…

Todos os momentos são efêmeros e únicos…

O tempo carregou todas as emoções…zummmmmmmmmmmmmmm….zummmmmmmmmmmm……destruiu…devastou…corroeu………………..varreu……zummmmmmmmm………..zuumm……………………..zuuummmm…………………   zuuuuuummmmmmmmmmmmm…………………

Sinto o cheiro das grandes paixões vividas, mas ficaram tão distantes!!!!!!!!

Era noite de lua cheia, as estrelas cobriam o céu como verdadeiros e intensos diamantes!

Havia na atmosfera, um cheiro puro de vegetação, de terra… de vida…

Era noite de lua cheia, o vento carregava a incerteza, a eterna saudade.

Como dois nativos, tomados pela natureza quase virginal da ilha, deixamos a emoção nos invadir, motivados pelo cheiro da terra, pelo toque das mãos…pelo mistério da mata,pela escuridão devastadora da noite!

E o mar batia nas pedras fortemente…

Era noite de lua cheia, as folhas secas caídas pelo chão, confirmavam o abandono, incendiavam nossos corpos já em chamas….

A lua testemunhou nossos beijos, nossas aflições, nosso prazer infinito…

E o mar batia fortemente….

Era noite de lua cheia, minha boca deslizou em seu ombro, coberto de pêlos e lentamente nos amamos como Verdadeiros Lobos!!!

Todos os momentos são efêmeros e únicos!

Devia ter me arriscado mais………………

Marcio foi algo não explicável, apenas sentido…não precisamos de explicações quando sentimos….apenas sentimos….

Sempre gostei de Fernando Pessoa, um dos grandes poetas, que muita influência tiveram na minha adolescência …só não consigo concordar com a descrença do amor…creio que  seja a verdadeira razão de vivermos!

Resolvi responder ao poeta português sobre as cartas de amor…

“As cartas de amor são ridículas, mais ridículos são aqueles que nunca as escreveram…Se não houvessem cartas de amor, não haveriam sonhos, e na falta destes, os homens seriam pedras…

São ridículas as cartas de amor, mais ridículos são os homens que nunca amaram…ridículas…

Escrevo sempre cartas de amor, com a intenção de provocar arrepios, de palpitar meu coração,de fazer com que meus olhos brilhem…

Cartas de amor serão sempre ridículas, e mais ridículo é o homem sem amor!”

Com a maturidade percebo os sonhos se distanciarem… as luzes ficarem mais opacas… a solidão me acompanhar………..e os amigos?

Descobri que não os tenho, foram apenas companheiros de cerveja e de aventuras… restou-me este apartamento sombrio, onde posso vislumbrar o mar…as estrelas…a ilha do farol…..

Pensei bastante e resolvi comprar um computador, acabo de concluir alguns cursos básicos e vou acessar a internet em busca de novas amizades, novos conhecimentos , quem sabe um grande amor….talvez uma fórmula mágica de me sentir acompanhada, pois tenho o costume de falar com as paredes…mas preciso de trocar ideias paredes são passivas, nunca me respondem e concordam comigo em tudo o que falo!

Tenho ligado diariamente essa máquina maluca e descobri muitos sites interessantes.

Acabo de entrar num site denominado “www.apaixão.oglobo.br”,para ser franca acho muito engraçado, pois temos que preencher um cadastro de perfil e depois ficamos esperando que alguém se interesse pelo nosso e mande email.

Adoro conhecer pessoas diferentes!

O mais interessante é que estava me comunicado com vários homens de meu estado(RJ), até que conheci Ávilo, um perfil maravilhoso, inteligente e sensível, parecia-me muito sincero em suas palavras.

Trocávamos emails todos os dias, já não me sentia tão sozinha…conseguia até imaginar uma noite de amor com Ávilo na Ilha do Farol…meu interesse crescia a cada dia que me comunicava com ele.

Começamos a namorar por email…sentia que voltava à adolescência todos os dias…comecei a me cuidar…até para academia de ginástica eu fui…tudo era motivo de festa para mim….falávamos durante o dia, pois ele teclava de seu emprego.

Como já havia um ano que namorávamos por email  …resolvemos marcar uma data para o nosso tão esperado encontro…

Era outono…

Ávilo disse que em breve se aposentaria e que tudo ficaria mais fácil para nós dois.

Era outono…

Nunca consegui dizer tantas palavras de amor…no virtual tudo fica mais solto, não temos a preocupação com a reação de quem ouve…somos claros e humanos!

Tentei de todas as formas me comunicar com Ávilo, mas era impossível, ele havia desaparecido do site…

Era outono…

Resolvi ligar para seu emprego, pois Ávilo não me mandava mais emails e precisávamos nos encontrar para  que pudéssemos nos amar carnalmente…

Alguém atendeu o telefone e disse: O Engenheiro Ävilo está aposentado e não podemos informar mais nada a seu respeito…

Sentei na poltrona da sala , respirei  …respirei…e gritei bem alto:

Todos os momentos são efêmeros e únicos!!!!!!

           Um  amor virtual…uma emoção virtual…

…  Que bicho feio!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Foi assim, que exclamou Jandira ao ver sua filhinha nos braços do médico , que assistiu seu parto.

Posso afirmar, que aquela criaturinha não queria abrir os olhos para o mundo, pois foi tão difícil expulsá-la do ventre materno…acho que temia a claridade, o próprio desconforto que enfrentaria ao lado da mãe!

Anita carregava todo o sofrimento esculpido na face, sua cabeleira era negra e muito vasta, que chegava a cobrir-lhe o rostinho tão pequeno!

O amor deixou de ser virtual…

carnal…

passou a ser lembrança…….

Anita sentiu falta de suas palavras…seus carinhos…sua companhia diária e pontual!

Ela chora…

grita…

respira…

inspira….

sufocada

                                                           desesperada

liga seu computador e mais uma vez, tenta encontrar uma grande paixão!

Acessa novamente o site “ http://www.apaixão.oglobo.br.”

                      As cartas de amor são ridículas… mais ridículos são os homens que nunca acreditaram no amor!

 

E o mar batia fortemente…

Era outono…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: